Raio Verde

Março 22 2013

Apesar de a isso não serem obrigados, os juízes optaram por atribuir ao processo a classificação de prioritário, o que faz com que o mesmo possa passar à frente de outros que estejam também a ser avaliados no Palácio Ratton.

 

Eu não sei porque é que em Portugal se dá relevância, em geral, ao cumprimento de obrigações, e, neste caso em particular, a decisões mais do que lógicas.

 

Dar relevância a que os juízes tenham considerado prioritário o ORÇAMENTO DE ESTADO de UM PAÍS é revelador da indigência mental e financeira de um país condenado ao estertor, ou a ser constantemente assistido financeiramente por entidades exteriores.

 

Não sei se são as fontes do Tribunal que fazem questão que se realce tal feito, se são mesmo os jornalistas/cidadãos que acham isso digno de nota.

 

Enfim...

publicado por raioverde às 04:36

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
27
28
29
30

31


mais sobre mim